Sindicato em ação – Direção do Sindpol/MG se reúne com deputado Bosco (PTdoB), vice-líder do Governo, e reforça o pedido de apoio a pauta reivindicatória da Polícia Civil

29 de junho de 2016

O presidente Antônio Marcos Pereira (Toninho Pipoco), o diretor jurídico Geraldo Chaves, o diretor administrativo José Maria de Paula “Cachimbinho” e demais filiados, se reuniram, na última terça-feira (28/06), com o vice-líder do Governo deputado Bosco, de quem solicitou o necessário apoio e interlocução, junto ao Governo, para atendimento a pauta de reivindicação da categoria, que se encontra em greve, porém com movimento suspenso, por decisão judicial.

O deputado Bosco reconheceu justiça nas ações reivindicadas pelo sindicato e se comprometeu a leva-las ao governador Fernando Pimentel, de quem é base e vice-líder no parlamento. O deputado afirmou que conhece profundamente a real situação de desvalorização, sucateamento da categoria, por sua proximidade com a Instituição e por seus vínculos de amizades com lideranças do sindicato e da PCMG. Ele enfatizou que a demanda da adequação salarial dos cargos de base, com os demais cargos de nível superior, assim como a recomposição dos quadros de efetivo, através da convocação de excedentes, e a realização de novos concursos, é vital para a prestação de serviços à população e renovação vigorosa da Instituição Polícia Civil. A valorização dos servidores administrativos e a reestruturação geral, também são pontos a serem observados pelo Governo do Estado, e a Casa Legislativa não se furtará em dar contribuição nesse sentido. No tocante a assuntos que já estão sendo negociados com o Governo, e que dependem da participação do parlamento, mesmo não estando incluso na pauta prioritária, encaminhada ao Governo, serão objeto da atenção e apreciação do deputado, como o projeto 3284/2016, de autoria do deputado Cabo Júlio, que retorna a atividade de examinador do Detran para policiais aposentados, bem como a necessária anistia aos investigadores/agente de polícia, do concurso provimento 2008, barrados pelo limite de idade, que já tiveram, inclusive, parecer favorável da Advocacia Geral do Estado, para reincorporação dos mesmo aos quadros da Polícia Civil, e também conclusão definitiva do certame, na forma que prevê a atual legislação.

O presidente Antônio Marcos Pereira (Toninho “Pipoco”) reforçou com o deputado a necessidade de que a ALMG e o Governo, imprimam maior celeridade no atendimento às demandas da Corporação, que agoniza com a falta de efetivo, a falta de meios e agora com tratamento diferenciado, situações que inclusive levaram a categoria, na última Assembleia Geral Extraordinária, a deliberarem por greve geral, a qual foi suspensa pela Justiça, e que na data dessa quarta-feira (29/06), será realizada Audiência de Conciliação. O deputado também informou aos dirigentes sindicais presentes, que cuidou de encaminhar ao Governo requerimentos de sua autoria, aprovados na Casa Legislativa, requerendo maior atenção à pauta da Polícia Civil, ainda no começo desse mês de junho, uma vez que tem percebido uma certa dificuldade na interlocução do Executivo na tratativa dos temas da PC e da Segurança Pública, conforme apresentou cópias para conhecimento da direção sindical e da categoria.

O deputado Bosco se comprometeu em dar pronto atendimento a essa interlocução junto ao Governo, e também de acompanhar de perto, juntamente com os demais líderes, sobre a tramitação de todas as matérias de interesse da Polícia Civil naquela Casa, deixando as portas de seu gabinete e assessoria à disposição da direção do Sindpol/MG, para contribuir com os trabalhos.

Veja cópia dos três requerimentos aprovados pelo deputado.

X