Sindicato em ação: Direção do SINDPOL recebe os relatórios das visitas realizadas pela Assessoria de relações públicas no interior do Estado e encaminha providências.

Sindicato em ação: Direção do SINDPOL recebe os relatórios das visitas realizadas pela Assessoria de relações públicas no interior do Estado e encaminha providências

Na tarde desta segunda-feira a Presidência e Diretoria do Interior se reuniram com o Assessor de Relações Públicas TARIK BRUCK, contratado especificamente para atendimento e contato descentralizado com as unidades do interior, que viajou na última semana para as cidades de João Pinheiro, Três Marias, Curvelo, Paraopeba, Pompeu, Patos de Minas, e Paracatu. A meta da nossa diretoria é ouvir e atender In loco as reivindicações e dificuldades de nossa categoria no interior e ainda a título de feedback levar as informações e mensagens da diretoria sobre acontecimentos e articulações atualizadas da Direção. Essa ação da Assessoria de Relações Públicas visa minimizar as dificuldades peculiares de um Sindicato com atuação em todo Estado diante de uma legislação deficitária que não libera servidores de suas atividades para dedicarem exclusivamente à gestão sindical. O SINDPOL/MG tem somente 2  Diretores liberados, o Presidente e o Diretor Regional da Zona da Mata. Mesmo assim essa direção tem se esforçado para realizar pelo menos duas viagens por semana para as regiões mais longínquas de nosso Estado. A Diretoria do interior na pessoa de seu titular Geraldo Chaves Junior também têm se desdobrado nos contatos e ações de sua pasta que agora com a estrutura das relações públicas terá sua atuação ampliada. É importante também destacar as transformações sensíveis realizadas na comunicação com a  finalidade de alcançar ainda mais a nossa base no interior, seja através da distribuição dos jornais que chega há mais de 16  mil endereços e ainda o site oficial do SINDPOL/MG que é atualizado diariamente.

Policiais de Curvelo

Na maioria das cidades visitadas foi diagnosticado fragilidades e precariedades  nas condições de trabalho, baixo efetivo na realização das atividades policiais, falta de segurança e equipamento de segurança individual, como coletes balísticos vencidos, munição ausente ou com data de validade vencida, inadequações estruturais nos prédios onde funcionam as referidas unidades policiais, viaturas sem a devida manutenção ou sem condições de uso dentre outras irregularidades as quais já estão sendo analisadas e encaminhadas aos setores competentes para as devidas providências e atendimento de praxe.

Adesão à greve

No tocante a greve a maioria dos policiais informaram que pela escassez de efetivo esta difícil até mesmo fazer escala mínima e que encontram também, dificuldades impostas na maioria das cidades, pelas Chefias imediatas (Delegados e Inspetores) que pressionam de forma abusiva a adesão dos colegas ao movimento fato que a Direção se comprometeu em acompanhar de perto. A maioria dos Policiais também reclamou do distanciamento da gestão sindical com as unidades do interior e da falta de informação e comunicação periódica e em tempo real e reconheceram a importância dessas visitas seja de Assessoria ou da Diretoria de BH.

O Presidente do SINDPOL/MG e o Diretor do interior tão logo receberam as informações  e relatórios da Assessoria já cuidaram de fazer os contatos regionais necessários bem como despachar ao Departamento Jurídico as ações e providenciais pontuais de cada caso. Aquelas unidades que ainda não têm os contatos do SINDOL/MG devem acessar a Assessoria de Relações Públicas na pessoa de TARIK BRUCK através do telefone 031- 87767593 ou a Diretoria do interior na pessoa de Geraldo Chaves 031- 86524582 ou da Secretária Geral 031- 21389898 e 031- 86524577 na pessoa de Claudio Pereira.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

                                                     

 

 

 

 

 

 

 

 

X