Governo de Minas cumprirá com o reajuste salarial dos professores, ignorando mais uma vez a segurança pública

28 de janeiro de 2022
Foto: Flickr- 16/01/19

Com o anúncio do presidente Jair Bolsonaro, nesta quinta-feira (27), que concedeu um aumento de 33,24% no piso salarial dos professores, a Secretaria da Educação informou, em entrevista ao jornal O Tempo, que o governo de Minas seguirá cumprindo o pagamento do piso salarial para os servidores da educação.

O governador Romeu Zema se compromete com o pagamento do reajuste, não levando em consideração as promessas de recomposição salarial aos servidores da segurança pública. Em sua campanha para aderir ao Regime de Recuperação Fiscal, Zema fala que o Estado está afundado em dívidas e que o RRF é a única solução, no entanto, atitudes como essas provam que não se passa de mais uma de suas falácias.

Para o presidente do Sindpol/MG, o sr. José Maria de Paula “Cachimbinho”, os professores merecem um digno reajuste salarial, assim como os profissionais da saúde, da segurança e de todas as demais categorias. Mas o que estamos vendo é mais um indício de suas mentiras e articulações políticas para manter-se alinhado ao governo federal, especialmente em ano eleitoral.

“Zema se contradiz o tempo todo. Embora ele diga que o Estado está quebrado, no ano de 2021, Minas apresentou um crescimento na arrecadação federal. Ele se comprometeu conosco há dois anos e não cumpriu. A polícia não para e nós, policiais de Minas Gerais, somos exemplos em todo o país. Precisamos ser mais valorizados!”, afirma José Maria.

Não descansaremos enquanto não houver a recomposição salarial dos servidores de todas as categorias da segurança pública de Minas Gerais!

 

X