Direção do SINDPOL/MG e SINDEP recorre à ouvidoria de polícia solicitando providências contra o espancamento sofrido por policial civil em Governador Valadares.

Na manhã dessa segunda-feira dia 19/03, a Direção do SINDPOL/MG e do Sindicato dos Escrivães recorreram ao Ouvidor de Polícia Paulo Alckmin Vaz, solicitando providências exemplares contra o abusivo espancamento sofrido por policial civil em Governador Valadares.

A intenção do SINDPOL/MG e dos demais dirigentes sindicais é que fatos dessa natureza cessem, e que haja maior respeitabilidade entre os componentes das forças de segurança (PCMG, PF, PMMG, BM, SUAPE e GCM) na relação de trabalho e convivência. Não são novas as denúncias de truculência policial nas abordagens feitas a membros da corporação Polícia Civil, e nesse sentido a direção do SINDPOL/MG vem frequentemente pugnando por providências e essas não vem. A expectativa é que os comandos cobrem de seus subordinados as diretrizes operacionais básicas nas abordagens policiais, sob pena de que incidentes mais graves possam ocorrer.

Veja ofício.

X