Sindpol/MG participa de reunião definitiva de negociação com o Governo

22 de novembro de 2019

O presidente do Sindpol/MG, José Maria de Paula “Cachimbinho”, participou, na manhã desta sexta-feira (22), da reunião que definiu, após meses de negociação, a garantia da reposição das perdas inflacionárias, além de outros direitos como décimo terceiro, pagamento integral e auxílio vestimenta.

Ficou definido o pagamento das perdas inflacionárias em três parcelas, a primeira de 13%, em julho de 2020, a segunda de 12%, em setembro de 2021, e a terceira também de 12%, em setembro de 2022.

Se mantiver a atual situação do governo, o pagamento deste mês será integral no 10º dia útil de dezembro e o décimo terceiro parcelado em três vezes, sendo 21 de dezembro de 2019, 21 de janeiro e 21 de fevereiro de 2020. Porém, a situação pode mudar com a aprovação em 2º turno do PL 1205/19. Com sua aprovação, o pagamento será integral e no 5º dia útil de dezembro e o décimo terceiro também integral, no próximo dia 21 de dezembro. Por isso, o Sindpol/MG conclama mais uma vez a presença de toda a Polícia Civil nas galerias da Assembleia Legislativa, no dia de votação do PL 1205/19.

O abono fardamento ou auxílio vestimenta está garantido em maio de 2020. É importante ressaltar que foi retomado o padrão remuneratório alcançado no ano 2000, equivalente a cinco salários mínimos.

Segundo José Maria, presidente do Sindpol/MG, “o resultado da negociação é fruto de muito debate e luta das entidades de classe, e da mobilização de toda a categoria. A união é o princípio fundamental para conseguirmos nossos direitos. Mas a luta não acabou! Precisamos da aprovação do PL 1205/19 e contamos com a categoria para garantirmos nosso décimo terceiro e nosso salário como devem ser”.

Participaram da reunião o vice-presidente do Sindpol/MG, Marcelo Armstrong, deputados estaduais e federais, entidades de classe da Segurança Pública, e os Secretários de Governo, de Planejamento e Gestão e Justiça e Segurança Pública.

X