Sindpol/MG participa de Audiência Pública para confrontar situação financeira do Estado

17 de agosto de 2021

Veja dados da dívida do Estado com os Servidores da PCMG segundo SEF/MG.

O presidente do Sindpol/MG, José Maria de Paula “Cachimbinho”, esteve presente na Audiência Pública da Comissão de Segurança Pública, na manhã desta terça-feira (17), para debater a real situação financeira do Governo de Minas que está em dívida com os servidores da segurança pública, especificamente policiais civis, pelo não pagamento das férias-prêmio, ajuda de custo e diárias.

Parlamentares e representantes das entidades de classe da categoria reuniram na ALMG com o intuito de obterem informações dos resultados fiscais e o saldo em caixa na conta única do Tesouro Estadual. Confira o levantamento feito pela Secretaria de Estado de Fazenda (SEF) das dívidas do Estado com os Servidores da Polícia Civil: Dívida do Estado com os Servidores da PCMG conforme dados apresentados pela SEF dia 17052021

Essa semana, o governador, Romeu Zema, anunciou o calendário de pagamento das férias-prêmio com pretensão de início da quitação a partir do dia 27 de setembro, em parcela única, sendo completamente pago até dezembro de 2022 a todos os servidores aposentados.

Para José Maria de Paula “Cachimbinho”, esse pagamento está mais que atrasado e é uma obrigação do Estado “O governo trata as férias-prêmio como um benefício, mas reforçamos, mais uma vez, que se trata de um direito trabalhista do policial civil pelos anos trabalhados. O Sindpol/MG vem lutando constantemente nos últimos meses pela cobrança dessas dívidas e não vamos parar, queremos que nossa categoria seja valorizada”, disse.

X