PCMG combate a venda de combustível adulterado em Ituiutaba

7 de janeiro de 2022

Em decorrência de uma investigação acerca da comercialização de combustível adulterado, a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) cumpriu, nesta terça-feira (4/1), em Ituiutaba, Triângulo Mineiro, mandados de busca e apreensão no posto investigado e na residência dos sócios-proprietários do estabelecimento comercial. Presente na operação, o Procon Municipal ainda interditou as bombas de abastecimento de etanol.

O trabalho investigativo começou em julho de 2021, a partir do registro de ocorrência informando que um veículo, depois de abastecido no posto alvo, apresentou falha mecânica após alguns quilômetros percorridos, despertando a desconfiança do motorista sobre possível adulteração de combustível.

Iniciada a apuração, a PCMG coletou amostras de etanol, gasolina comum, gasolina aditivada, diesel comum e diesel S10 das bombas de abastecimento do estabelecimento. Realizada a análise do material pela Agência Nacional de Petróleo, foi verificada a adulteração de etanol.

Apreensões
Durante a operação, policiais civis apreenderam, no posto, agendas, notas fiscais, livros de registros, laudos de integridade dos reservatórios de armazenamento dos combustíveis, documentos contábeis diversos, além de novas amostras de etanol.

Já na residência dos sócios-proprietários, a equipe da PCMG localizou e apreendeu uma arma de fogo e munições, sendo o responsável encaminhado à Delegacia de Plantão e autuado em flagrante. Conforme previsão legal, foi arbitrada fiança e o investigado efetuou o pagamento.

O Sindpol/MG parabeniza a investigação dos policiais civis da Seção Técnica Regional de Criminalística da PCMG em Ituiutaba. Seus trabalhos continuarão com a análise dos materiais arrecadados, e eventuais outros indícios observados serão somados ao inquérito policial em trâmite para a devida conclusão do procedimento.

Fonte: ASCOM-PCMG, com modificações

X