Sindpol/MG repudia fala do ministro da economia Paulo Guedes

18 de Maio de 2020

 O presidente do Sindpol/MG José Maria de Paula “Cachimbinho”, repudiou a infeliz fala do ministro da economia, Paulo Guedes, quando este comparou os servidores públicos a assaltantes.

De acordo com José Maria, desde o início da pandemia os servidores públicos, em especial, os operadores da Segurança Pública e da Saúde, estão trabalhando na linha de frente para proteger e instruir a sociedade brasileira. “Isso é uma falta de respeito e uma grande covardia com os servidores, pois nós, policiais civis, assim como os demais profissionais da segurança pública, estamos correndo risco para proteger a população”, disse.

Paulo Guedes fez a afirmação durante uma coletiva no Palácio do Planalto, onde ele defendeu que, por causa da pandemia do novo coronavírus, “não é hora” de reajustes salariais para o funcionalismo. “Por favor, não assaltem o Brasil enquanto o Brasil está nocauteado. É inaceitável que tentem saquear o gigante que está no chão, que usem a desculpa para saquear o Brasil”.

José Maria finalizou enfatizando que o Sindpol/MG, junto aos sindicatos que representam a Polícia Civil, às federações e à Cobrapol, não medirá esforços para garantir e proteger os direitos de todos os policiais civis.

Sindpol/MG na luta pelos direitos da categoria.

X