Sindpol/MG participa de audiência pública sobre recomposição salarial na ALMG

15 de julho de 2021

Nesta quinta-feira (15), a Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) realizou audiência pública para debater a recomposição salarial dos servidores da segurança pública e cobrar do Governo reajuste salarial, no qual se comprometeu após várias negociações feitas em 2019, até hoje não cumprido.

Representando a diretoria do Sindpol/MG, esteve presente o assessor do Sindpol/MG Wemerson Oliveira, e demais representantes de entidades da segurança pública. “Nós estamos há anos com o salário defasado, principalmente nós, policiais civis, com a reforma da previdência, hoje, temos uma alíquota previdenciária de 16%, ainda pagamos mais 3,2% de plano de saúde. A gente quer, sim, prestar um serviço de qualidade para a sociedade, mas para isso precisamos de condições para trabalhar. O que nós pedimos ao governador é que valorize a instituição e que cumpra o acordo dele”, disse o assessor Wemerson, ressaltando que quem é mineiro e do interior, sabe que ‘a palavra do homem vale muito’.

O acordo de reajuste seria de 41% referente às recomposições de perdas inflacionárias e o governador acordou em 3 parcelas, sendo elas, de 13% em julho de 2020, 12% em setembro de 2021 e 12% em setembro de 2022, enviada pelo Governo ao Parlamento, que tramitou como Projeto de Lei (PL) 1.451/20 e, durante as discussões, ampliou a recomposição salarial para outras carreiras.

Fonte: ALMG <https://bit.ly/3BhA6Pl>, com modificações

X