Sindicato cidadão

Sindicato cidadão: Presidente do Sindpol/MG contribui com palestra sobre Segurança Pública na Escola Estadual Dom Cabral

Na manhã do último sábado (19/09), contribuindo com a programação de cidadania da Escola Estadual Dom Cabral, no bairro Betânia, atendendo o convite da direção, o presidente do Sindpol/MG proferiu palestra pedagógica acerca dos desafios da Segurança Pública e a situação do menor infrator.

O evento faz parte da programação do corpo docente da escola em reflexão da necessidade de termos uma sociedade mais segura e mais cidadã. As atividades começaram as 8h com caminhada e passeio ciclístico pelo bairro, as 10h iniciou a palestra do Proerd (Programa de resistência e prevenção às drogas) da PMMG, logo após a palestra do Sindpol/MG.

Não tem sido poucas as participações da presidência e demais membros da direção do Sindpol/MG em eventos como esse de promoção a cidadania e de debates sobre a Segurança Pública. É uma forma de contribuir além do debate classista do mundo do trabalho, com atendimento às demandas da sociedade civil organizada. A direção do Sindpol/MG agradece o convite, a oportunidade de contribuir e de participar, com a difusão de um tema muito importante para todos nós.

Sindicato Cidadão:

Na noite de ontem o Presidente Denílson Martins o Vice-Presidente Antônio Marcos Pereira e o Diretor de Assuntos dos Escrivães Wellington Kalil participaram do “Café Sindical” promovido pelo Escritório Dr. Cesar Brito e Bruno Reis e Advogados Associados com a finalidade de debaterem e discutirem a participação das entidades sindicais e seus lideres na elaboração e mobilização do plebiscito nacional convocado pela Presidenta Dilma em atendimento as manifestações populares pela reforma política e outros temas a elas associados. Participaram deste evento Dirigentes de Entidades e de Centrais Sindicais dos mais diversos segmentos públicos e privados.

O Conselheiro Nacional da OAB Cesar Brito e o Dr. Bruno Reis Presidente Nacional da Comissão de Direito Sindical da OAB apresentaram os pontos principais dessa reforma e os principais quesitos e perguntas do plebiscito. Com a palavra o Deputado Federal e Presidente da UGT  Estadual Ademir Camilo disse que o importante para a UGT é que o plebiscito tenha uma data certa (7 de Setembro ou 15 de Outubro) e que paralelamente a isso o projeto do parlamento sobre a referida matéria tramite em caráter de urgência. Ponderou que a UGT em nível nacional é contra um plebiscito que não se tenha tempo hábil para se mobilizar e que segundo sua percepção na Câmara Federal há um entendimento que o ideal seria o referendo. Com a palavra o Presidente do SINDPOL/MG Denílson Martins disse que em consonância com a atual conjuntura o coerente seria que se aprovasse sim um plebiscito e não um referendo, pois o ideal é darmos o protagonismo para as vozes rocas das ruas, pois tanto Congresso tanto Governo já provaram que são lentos demais para dar respostas as demandas da população e é claro pelo que se vê nas últimas manifestações que o povo não está tendente a apenas referendar aquilo que os Deputados e Senadores “ produzirem”. O que o povo na verdade quer é que os políticos e governantes traduzam, executem e atendam as suas reivindicações. Por isso o plebiscito popular seria sim o instrumento mais adequado.

 

 

O Deputado Ademir Camilo também informou a todos os presentes que dia 11 de Julho está agendado a greve geral nacional convocada por todas as entidades sindicais do país e que no próximo dia 2 em Minas Gerais acontecerá à reunião das centrais sindicais para preparem as ações estratégicas desse dia de paralisação e será de fundamental importância a presença de todos os dirigentes legítimos nesse evento, pois já faz muito tempo que as centrais sindicais tem apresentado sua pauta ao Governo Federal e aos Governos Estaduais sem qualquer resposta ou atendimento dos mesmos. A paralisação do dia 11 é um indicativo de que os Sindicatos juntamente com a classe trabalhadora não tolerarão mais este abandono por parte do Governo Federal e por parte dos Governos Estaduais e Municipais. O Deputado também destacou que aqui em Minas o Governo age de forma anti-sindical tentando censurar as manifestações públicas e as ações dos sindicatos e ainda continua ignorando a pauta conjunta das centrais em estabelecer em Minas Gerais o piso salarial regional, como acontece no Rio de Janeiro e também em São Paulo. É inconcebível que Minas sendo o 2º maior Estado do país continue pagando apenas o salário mínimo aos  seus trabalhadores.

Sindicato Cidadão:

Durante todo o dia de ontem, os Dirigentes do SINDPOL/MG participaram das manifestações em prol da saúde, educação segurança pública e transformações sociais. Com faixas demonstrando o apoio à população, porém repudiando atitudes de vandalismo, o Presidente Denílson Martins e o Vice-Presidente Toninho Pipoco juntamente com o Secretário Geral Claudio Souza Pereira e toda comitiva de colaboradores e Policiais Civis da ativa e aposentados formaram um “pelotão avançado da segurança pública” e caminharam cerca de 20 km saindo da Praça Sete passando pela Avenida Antônio Carlos, avançando até a orla da Pampulha chegando até o Carrefour onde o movimento foi dispersado concluindo a meta cívica, ordeira e cidadã.

 

 

Divisões lamentáveis do movimento

Contrariando o que foi negociado e votado por todas as lideranças em Assembleia Popular na Praça Sete, um grupo minoritário, interessado apenas em promover vandalismo e depredação  resolveu ficar na Av. Abrahão Caram e se confrontar com as Guardas da PM e Força Nacional as pessoas interessadas em manifestar de forma pacifica e cidadã, seguiram o “pelotão avançado do SINDPOL/MG” prosseguindo pela Antônio Carlos e rumando a orla da lagoa da Pampulha contando inclusive com batedores da PM que franquearam o acesso. Segundo a fala do Presidente Denílson Martins “Na verdade as pessoas do bem fizeram da passeata uma festa da Democracia, e deram o recado”.

 

Sindicato Cidadão

Na manhã desta quinta-feira 06, o Diretor Administrativo do SINDPOL/MG Sr. José Maria Cachimbinho recebeu a equipe eficiente e qualificada da Oftalmoclínica Rui Marinho que falaram aos filiados sobre os cuidados que devem ser tomados acerca da saúde de nossos olhos. Em mais uma parceria de sucesso o SINDPOL/MG demonstra a sua preocupação em disponibilizar e garantir aos seus filiados um bom atendimento e os melhores serviços.

Durante o evento estiveram presentes na sede do SINDPOL/MG dezenas de filiados que puderam fazer exames e esclarecer suas dúvidas gratuitamente.

 

 

É o SINDPOL/MG pensando no seu bem estar e promovendo qualidade de vida!


Na manhã desta quarta-feira 8, o Presidente Denílson Martins e o Vice- Presidente Antônio Marcos Pereira receberam a cordial visita do Vereador de Santa Luzia Sandro Coelho, autor do projeto de Lei Municipal 09/2013 que institui a ASPE ( Área de Segurança e Proteção Escolar) de Santa Luzia. Este projeto uma vez sancionado pelo Prefeito vai caracterizar toda área no entorno das Escolas Municipais e Estaduais num raio de 200 metros como área de interesse da segurança pública e proteção escolar, devendo todos os serviços públicos como iluminação, fiscalização, policiamento, infraestrutura, investimentos estratégicos dentre outros serem priorizados com vistas do funcionamento regular dos estabelecimentos bem como a proteção e atenção prioritária aos alunos, funcionários e educadores. O Vereador que tem como marca registrada a atenção prioritária a educação e a segurança pública e exerceu por 12 anos o cargo de Diretor da Escola Estadual Leonina Mourthe no Bairro São Benedito, onde sob sua gestão reduziu sensivelmente os índices de evasão escolar violência e depredação do patrimônio público, através da difusão de uma cultura de valorização da paz e da cidadania com vários artigos publicados sob esta temática, o Parlamentar Municipal exerce parcerias importantes com ONGs, Sindicatos e demais entidades do terceiro setor entre elas o SINDPOL/MG. Nessa manhã o Vereador gravou o Programa Segurança e Cidadania nos estúdios do SINDPOL/MG o qual será veiculado no início do mês de Junho.

Veja o artigo publicado na revista Nacional AMAE da EDUCAÇÂO.
Veja cópia do Projeto de Lei 09/2013 aprovado na Câmara Municipal de Santa Luzia

X