Servidores da Segurança Pública fazem Grande Mobilização

13 de dezembro de 2018

O Sindpol/MG juntamente com as demais entidades da segurança pública de Minas Gerais, Aspra PM/BM, CSCS PM/CBM-MG, Sindasp-MG, Sindepominas, Sindpecri, SINDSISEMG, AESPOL, Aspcemg, e os deputados federal Subtenente Gonzaga e estadual Sargento Rodrigues, se reuniram na tarde desta quinta-feira (13/12), na Praça da Liberdade, para o ato de protesto contra o Governo do Estado, pelo não pagamento integral do salário e pela falta de previsão do pagamento do 13º salário.

Os deputados federal, Subtenente Gonzaga e estadual, Sargento Rodrigues e as demais lideranças das entidades de classe, disseram que não irão continuar aceitando o desrespeito e descaso deste Governo com a categoria, e que todos lutarão até o último dia do atual governo para defender seus direitos.

Os servidores evidenciaram também sobre os planos do futuro Governo, que circula na impressa, que é a retirada dos direitos conquistados pela categoria, através de muita luta e também de derramamento de sangue. “Não vamos medir esforços, vamos lutar para sermos valorizados e não aceitaremos ser desrespeitado por mais um Governo”.

Os líderes das entidades disseram ainda, que não foram eles que assaltaram os cofres públicos do Estado de Minas Gerais, e que são eles os defensores dos cidadãos mineiros e que em muitas das vezes, perdem a própria vida defendendo a sociedade.

Durante o protesto, os servidores decidiram aguardar o resultado da reunião que o Governo fará nesta sexta-feira (14/12), onde irá decidir a respeito do pagamento do 13º salário. E dependendo do que for anunciado pelo o governador, os servidores irão se reunir para decidirem os rumos do movimento.

Os servidores saíram da Praça da Liberdade e seguiram em passeata até a Praça Sete, onde queimaram caixões simbolizando o descaso do atual Governo e também os inúmeros policiais que morreram defendendo a sociedade mineira.

É preciso que todos se mantenham em alerta e atentos para as próximas convocações, que irão determinar os rumos deste movimento em defesa dos direitos da categoria.

A Direção Sindical

X