Reunião nacional da Cobrapol aprova indicativo de greve geral nacional das Polícias Civis, a partir do dia 16 de abril.

Reunião nacional da Cobrapol aprova indicativo de greve geral nacional das Polícias Civis, a partir do dia 16 de março

Em reunião realizada na sexta-feira (10), em Brasília, a diretoria executiva da Cobrapol e os representantes das entidades filiadas aprovaram a proposta de organização de uma greve nacional dos policiais civis.
    
De acordo com o presidente da Confederação, Jânio Bosco Gandra, a decisão do indicativo de greve precisa ser referendada em assembleias estaduais que serão convocadas pelos sindicatos filiados para o dia 16 de março. “Somente depois de organizar o movimento em todo o país é que será definida uma data para o início da paralisação”, explicou.

O SINDPOL/MG já convoca os filiados para a assembleia do dia 16 de março, às 13h, no pátio da ALMG, onde será ratificada a deliberação pela greve nacional dos policiais civis.
    
 Na reunião foi discutida a pauta de reivindicações da categoria:

 

  •  Aprovação das Propostas de Emenda à Constituição (PECs) 446/300, que instituem o piso nacional para policiais civis, militares e bombeiros;
  •  Lei Orgânica da Polícia Civil, que estabelece um plano de cargos unificado nacionalmente;
  •  Carreira única;
  •  A regulamentação do direito à greve;
  •   Aposentadoria especial em todos os Estados;
  • Criação do Ministério da Segurança Pública.


Também foi aprovado nesta reunião, moção de repúdio à Direção do SINDETPOL, pelos atos nocivos de ataque pela desconstituição da Cobrapol e pelas tentativas de fragmentação da base sindical em Minas Gerais, o que muito prejudica o desenvolvimento da Polícia Civil e dos benefícios para a categoria policial. A moção foi aprovada por maioria, contendo apenas o voto contrário da bancada da Bahia.

A DIREÇÃO DO SINDPOL/MG REFORÇA A TODA A CATEGORIA QUE, A PAUTA NACIONAL INDEPENDE DA TRAMITAÇÃO DA PAUTA ESTADUAL E, É FUNDAMENTAL QUE TODOS NOS MOBILIZEMOS, SOB PENA DE NÃO AVANÇARMOS NAS QUESTÕES BASILARES DE VALORIZAÇÃO DA CATEGORIA EM TODO O BRASIL, COMO POR EXEMPLO, A REGULAMENTAÇÃO DA CARREIRA ÚNICA, DA ALTARAÇÃO DO ART. 144, IMPLANTAÇÃO DO PISO NACIONAL, DENTRE OUTRAS MATÉRIAS FUNDAMENTAIS.

A Direção do SINDPOL/MG se fez presente na pessoa do Presidente Denílson Martins, o Vice-Presidente Toninho Pipoco e do Secretário Geral, Cláudio de Souza Pereira.

X