Novo órgão pode desafogar prisões.

Novo órgão pode desafogar prisões

A Central de Recepção de Flagrantes (Ceflag), inaugurada ontem no bairro Bonfim, promete dinamizar procedimentos judiciais  e “desafogar” o sistema prisional de Minas. O órgão reunirá representantes da Secretaria de Estado de Defesa Social, Polícia Civil, Poder Judiciário, Ministério Público e Defensoria Pública.

Serão atendidos flagrantes ocorridos na capital que não estejam relacionados  a drogas e crimes contra a mulher (Lei Maria da Penha). A central funcionará de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h e atenderá, inicilamente, de 20 a 30 presos por dia. Continue lendo…

X