Nota de repúdio

25 de novembro de 2021

O Sindpol/MG repudia veementemente a atitude do governador de Minas Gerais, Romeu Zema, do partido Novo, que está perseguindo sindicalistas contrários ao Regime de Recuperação Fiscal e que desmentem as diversas mentiras contadas pelo Chefe do Executivo mineiro.

Com uma atitude completamente antidemocrática, ditatorial e de censura, Romeu Zema, mandou cassar a licença de 21 sindicalistas, em retaliação por serem oposição a ele.

Romeu Zema não gosta de ouvir verdades, como o sucateamento da Polícia Civil, falta de efetivo, delegacias caindo aos pedaços, policiais fazendo vaquinha para terem o mínimo em atender à sociedade. Zema quer esconder essas verdades do povo, usando um artifício antigo, antidemocrático de censurar e perseguir aqueles que mostram a verdade de um governo mentiroso.

Saiba que você não irá calar a voz dos sindicatos, Romeu Zema, as medidas cabíveis serão tomadas. Quando mexe com um de nós, saiba que está mexendo com todos. Os sindicatos de Minas estão unidos contra a sua perseguição e vamos continuar mostrando quem você é, vamos continuar retirando as suas diversas ‘máscaras’ e vamos continuar mostrando a sociedade que você é um personagem construído em cima de engano. Saiba que a verdade sempre prevalece, Romeu Zema, do partido Novo, mas que faz a velha política.

Nos governos anteriores tivemos as nossas lutas sindicais, porém todos eles, com os defeitos que tivessem, respeitaram a DEMOCRACIA. Fizemos greves, paralisações, ‘brigamos’ em audiências públicas, mas a DEMOCRACIA foi respeitada. Com essa atitude, Romeu Zema, governador em exercício, não respeita o bem mais precioso de uma sociedade, a DEMOCRACIA.

A postura de Zema em cassar a licença desses 21 sindicalistas é completamente antidemocrática e ditatorial.

Belo Horizonte, 25 de novembro de 2021

José Maria de Paula “Cachimbinho”

Presidente do Sindpol/MG

X