Nonagésimo oitavo dia de greve e categoria começa a demonstrar stresse e radicalização: Policial se acorrenta na porta da ALMG em sinal de protesto.

 

Nonagésimo oitavo dia de greve e categoria começa a demonstrar stresse e radicalização: Policial se acorrenta na porta da ALMG em sinal de protesto.

 

No nonagésimo oitavo dia de greve foi marcado por mais um gesto de protesto e radicalização o Policial Civil Marcos Baltazar, aposentado por invalidez e perseguido por processos administrativos infundados, se acorrentou e deu início a uma greve de fome na porta do Poder Legislativo Estadual em sinal de protesto exigindo providência diante de sua situação. O mesmo foi aposentado compulsoriamente por invalidez psiquiátrica fruto de perseguições, assédio e transtornos emocionais adquiridos durante seu tempo de atividade profissional. Ele ainda reclama que desde 2007 aguarda deferimento em recurso que lhe impediu o direito de promoção dentre outros benefícios ele alega que por questão de perseguição as autoridades se recusam em acolher direito líquido e certo.

 

X