Imagens podem ajudar polícia a identificar suspeito de matar criança de 2 anos em Contagem.

Imagens podem ajudar polícia a identificar suspeito de matar criança de 2 anos em Contagem.

A Polícia Civil investiga a morte de uma criança de apenas 2 anos, que foi atingida por um tiro no peito durante uma tentativa de assalto no bairro Inconfidentes, em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte nesse sábado (15). O pequeno João Pedro foi enterrado neste domingo (16).

Câmeras de segurança de uma empresa vizinha poderão ser utilizadas nas investigações para ajudar a polícia a localizar o suspeito. No momento do crime, ele usava uma camisa do Atlético Mineiro e um boné azul. Segundo a Polícia Militar, o homem era negro e magro.

Câmeras de segurança de uma empresa vizinha da casa da vítima registraram a ação; homem usava uma camisa do Atlético Mineiro e um boné azul no momento do assalto

Entenda o caso

Ao chegar em casa com a mulher e o filho, em um Honda Civic, o empresário Sandro Magno foi abordado pelo suspeito, que anunciou o assalto. A família ainda estava no carro, prestes a ser colocado na garagem, e Sandro estava descendo do veículo. Neste momento, o homem apontou a arma para ele e, assustado, o empresário achou que o assaltante queria levar o carro e tratou de retirar o filho, que estava em uma cadeirinha própria para crianças no banco de trás, para que ele não fosse levado pelo criminoso junto com o carro.

No entanto, o suspeito atirou no homem, no momento em que este pegava a cadeirinha com o filho. O tiro atravessou o ombro do pai e acabou acertando o peito da criança. Após o crime, o criminoso fugiu, à pé, sem levar nada, e não foi mais localizado.

Um vizinho ajudou a família e levou as vítimas para o Hospital Unimed, também em Contagem. Mas a criança não resistiu ao ferimento e morreu, ao dar entrada da Unidade. O pai foi socorrido no hospital e não corre risco de morte.

Fonte: O tempo

X