Greve de policiais civis deixa atendimento lento no Detran Gameleira

22 de junho de 2016

Unidade, em que motoristas podem pedir vistoria e emplacamento de veículos, funcionou com escala mínima de 30%

Publicado no jornal O Tempo, por Carolina Caetano, em 22/06/2016

Quem precisou ir até a unidade do Departamento de Trânsito de Minas Gerais (Detran) no bairro Nova Gameleira, na região Oeste de Belo Horizonte, passou por um teste de paciência nesta terça-feira (22/06). Com a greve de policiais civis e uma escala de atendimento reduzida, motoristas ficaram por horas em filas.

De acordo com a Polícia Civil, a média de atendimento em dias normais no local é de 1000 veículos. No entanto, com a escala de serviço em 30%, o número caiu consideravelmente.

Na unidade, condutores podem pedir vistoria e emplacamento dos carros. Servidores da corporação iniciaram uma greve nessa segunda-feira (20/06). Eles pedem contratações, equiparação de salários entre cargos e o mesmo tratamento dado à Polícia Militar.

Durante uma audiência com trabalhadores da segurança pública na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), o secretário da Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds), Sérgio Barboza Menezes, comentou a atual situação da corporação.

“A Seds busca a negociação e o diálogo com a Polícia Civil, Militar e Bombeiros. A Polícia Civil de Minas é referência no país e vai chegar a um bom termo para que a segurança do Estado não fique à mercê da criminalidade”, disse.

Fonte: O Tempo

X