Forças da Segurança Pública começam a ser imunizadas em Minas

5 de abril de 2021

Após intensa cobrança do Sindpol/MG junto a Cobrapol, Feipol/SE e demais entidades de classe que representam a Segurança Pública em Minas e no Brasil, o governo de Minas iniciará a imunização dos profissionais das Forças de Segurança Pública, salvamento e Forças Armadas, já que o setor foi incluído na lista dos que devem ser vacinados com as mais de 1 milhão de doses que chegaram ao Estado, na quinta-feira (1/4).

De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (SES), desses lotes que chegaram no dia 1/4 (mais de 1 milhão de doses), 6% serão destinados à vacinação das Forças de Segurança Pública no Estado. A SES informou também que dentro do grupo haverá ainda outros critérios de prioridade: trabalhadores envolvidos no atendimento e transporte de pacientes, resgates e atendimento pré-hospitalar, ações de vacinação contra COVID-19, ações de vigilância das medidas de distanciamento social, com contato direto e constante com o público independentemente da categoria. Demais profissionais que não se enquadram nas atividades de linha de frente deverão ser vacinados conforme andamento da campanha nacional de vacinação contra a COVID-19.

Segundo o presidente do Sindpol/MG, José Maria de Paula “Cachimbinho”, a vacinação dos policiais civis é de suma importância, pois os mesmos estão trabalhando desde o início da pandemia e correndo um risco maior de se contaminarem com a Covid-19. “Ainda não estamos satisfeitos com essa vacinação, ela já deu o primeiro passo, vamos continuar cobrando para que, mais policiais civis, que são sim, linha de frente, possam ser incluídos na vacinação imediata”, disse.

Já o assessor do Sindpol/MG e diretor da Feipol/SE, Wemerson Oliveira, afirmou que todos os policiais civis precisam ser vacinados, pois estes trabalham incansavelmente no combate à criminalidade, trabalho esse que não é possível ser realizado a distância. “Estamos expostos diariamente ao vírus, devido à natureza de nossa função. Vamos continuar batalhando junto ao governo pela vacinação imediata dos policiais civis. O Governo precisa explicar melhor quem são esses grupos prioritários. A vacinação precisa ser imediata para todos os policiais civis. Os policiais civis tem contato diariamente com várias pessoas, não só os policiais que estão transportando pacientes e fazendo segurança de vacinas ou aqueles que estão dispersando aglomerações, que tem contato com o vírus ou possíveis pessoas contaminadas. Por esse motivo, a vacinação imediata de todos os policiais civis se faz necessária”, afirmou.

O Sindpol/MG está em contato com a SES, tão logo divulguem novas informações acerca da vacinação, informaremos aos policiais civis.

X