Divisão

Divisão: Delegados do Sindepominas querem caminhar sozinhos e notificam o Sindpol/MG para retirar e excluir proposta de Assembleia Geral Extraordinária do dia 28 de agosto

Em mais uma demonstração de sectarismo e falta de espírito de cooperação para avanços mútuos, a direção do Sindepominas que representa os delegados de polícia de Minas Gerais – após lançar campanha midiática de âmbito estadual de valorização exclusiva dos detentores do cargo de delegados de polícia, esquecendo das demais classes que também carregam nas costas a prestação de serviço da Polícia Civil – notificou extrajudicialmente a direção do Sindpol/MG requerendo a exclusão de qualquer tema referente a carreira de delegado da Assembleia Geral Extraordinária da categoria, que acontecerá no próximo dia 28 de agosto, às 13h, no pátio da ALMG.

Não obstante à compreensão que tem a direção do Sindpol/MG da legitimidade do Sindepominas em tratar exclusivamente da valorização de seus pares, defende a liberdade sindical de todos aqueles 412 delegados filiados ao Sindpol que escolheram a nossa entidade como eficiente, competente e altiva na defesa de seus interesses classistas e profissionais, aos quais continuaremos a defender com plenitude de prerrogativa nos termos do artigo 3º de nosso estatuto. É lamentável sobre todos os aspectos que mais uma vez a fragmentação, o autofagismo, sentimento de divisão e interesses individuais prejudiquem a unidade de um movimento institucional que visa melhorias e valorização para todos, é mais uma vez temerário iniciativas individuais no arrepio do que acontece no resto do país, onde as prerrogativas não só dos delegados, mas de todos os policiais civis são atacados a todos os instantes por órgãos e instituições que tentam sucatear, usurpar e absorver nossas atribuições, em alguns casos com propostas mirabolantes de unificação e extinções de cargos. Tentam solucionar problemas complexos com propostas simplicistas, sem contudo equacionarem o grave dilema da ineficiência e das precárias condições de trabalho e prestação de serviço essencial à população.

A direção do Sindpol/MG acatando a solicitação da mui respeitada e digna entidade sindical Sindepominas, na forma da notificação em anexo, já cuidou em tempo de retificar a publicação da referida Assembleia Geral Extraordinária, excluindo a categoria representada pelo Sindepominas, mantendo portanto os demais itens da referida convocação, por entender que a categoria policial não pode esperar por medidas que só atendem a um dos cargos que estruturam a nossa corporação.

A valorização tem que ser para todos, e para tanto nossa mobilização é contínua e permanente, a todos os demais filiados e simpatizantes na nossa causa fica o convite para a necessária participação. Mesmo sem os delegados está mantida a nossa AGE.

Veja ao lado a notificação acatada pelo Sindpol/MG

X