Direção do SINDPOL/MG e da Cobrapol vai a São Paulo e debate com lideranças sindicais da polícia local sobre projetos de modernização em tramitação no parlamento.

Direção do SINDPOL/MG e da Cobrapol vai a São Paulo e debate com lideranças sindicais da polícia local sobre projetos de modernização em tramitação no parlamento

Conforme prévio agendamento, o presidente da Cobrapol, Jânio Bosco Gandra, presidente do SINDPOL/MG, Denílson Martins e o vice-presidente, Toninho Pipoco, diligenciaram até São Paulo para reunir com lideranças do sindicato dos Investigadores, Sindicatos do Servidores da Polícia Civil de São Paulo e Sindicato dos Escrivães para ações estratégicas do acompanhamento do projetos de lei que visam modernização e valorização para a categoria policial naquele Estado.

A agenda começou logo no período da manhã na sede da Associação dos Funcionários da Polícia Civil do Estado de São Paulo –AFPCESP-, a mais antiga e atuante entidade representativa da Polícia Civil de São Paulo, e em reunião com seu presidente Dr. Hilkias de Oliveira, os dirigentes sindicais tomaram ciência das repercussões locais dos referidos projetos. Dr. Hilkias, que já exerceu dois mandatos como deputado Estadual, tendo passado pelas carreiras de investigador e delegado de Polícia, informou que o grande desafio para a Polícia Judiciária de São é a fragmentação e pouca unidade em razão da ausência de uma entidade em nível regional para capitanear temas de repercussão geral, por isso a presença da Cobrapol é de fundamental importância para que as ações de valorização dos policiais sejam enfim implementadas.

O presidente Gandra, da Cobrapol, se colocou à disposição dos colegas paulistas no sentido na busca desta unidade, que deve ser sempre construída ouvindo e valorizando todas as lideranças diminuindo a distancia das entidades sindicais no contato com a sociedade, com o parlamento e com o governo, o qual diante da unidade e da convergência das reivindicações não tem outro caminho se não atender às mesmas.

Na parte da tarde os sindicalistas se reuniram na Assembleia Legislativa de São Paulo com a liderança do PT, Deputado José Zico Prado e sua assessoria, autor de um dor projetos que cria um acesso único à carreira policial civil e foi debatido sobre estratégia de mobilização para possível aprovação da matéria, que uma vez aprovada será de interesse de todos os policiais civis do Brasil. também foi debatido nesta reunião o projeto que institui o reconhecimento remuneratório do 3º grau como pré-requisito de acesso às carreiras de Investigador e Escrivães de Polícia, de iniciativa do Governo do Estado, cuja tramitação já se encontra bem avançada. O presidente Gandra em conclusão das atividades do dia, convocou a todos para participarem do congresso da Cobrapol que será realizado em Manaus nos dias 29,30 e 01 de junho (próxima semana), onde além destes temas, será debatido o projeto substitutivo de Lei Orgânica Nacional das Polícias Judiciárias, cuja tramitação em Brasília já se encontra também avançada, com ampla participação da Cobrapol e demais entidades sindicais filiadas.

X