Destaque policial – Deoesp prende quadrilha de sequestradores

A Polícia Civil, por meio do Departamento Estadual de Operações Especiais – DEOESP, libertou no dia 15/10, duas vítimas de sequestro que foram mantidas em cativeiro, no município de Matozinhos/MG, por uma quadrilha que vinha planejando e executando sequestros na região metropolitana de BH (RMBH).

As vítimas E.P. de 37 anos e S.P. de 57 anos, filho e pai, respectivamente, foram atraídas por um anúncio em uma página da internet, onde se vendia um trator, tendo realizado tratativas por telefone com uma pessoa que dizia se chamar José Carlos, no entanto, se tratava do detento Helton Henrique Gomes, 35 anos, que cumpre pena na Penitenciária Nelson Hungria. Dessa forma as vítimas vieram do Estado de Goiás até a cidade de Pedro Leopoldo/MG, para verem a máquina e fecharem negócio, isso no dia 11/10.

Ao chegarem em Pedro Leopoldo foram recepcionados por Fabiane Rodrigues Albano, 25 anos, a líder da quadrilha, que estava acompanhada de uma pessoa, cujo apelido é “Brasa” (ainda não identificado), momento em que foram conduzidos até o local onde as vítimas foram rendidas e feitas reféns. Em seguida foram levadas para um segundo cativeiro, na cidade de Matozinhos, onde permaneceram presas em um quarto até serem libertadas pela Polícia Civil.

As vítimas tiveram seus pertences subtraídos e foram obrigadas a fornecerem suas senhas de atendimento bancário e cartão de crédito, com os quais os criminosos realizaram diversas compras, até que os cartões foram bloqueados. Posteriormente, entraram em contato com os familiares das vítimas dizendo que era para depositarem o valor de R$ 80.000,00 como se fosse o pagamento pelo trator, ameaçando as vítimas para que dissessem as seus familiares que tinham feito negócio.

Pai e filho foram mantidos em cativeiro sob a promessa de que seriam libertados apenas quando os criminosos conseguissem sacar o montante depositado na conta que foi repassada por estes, o que ocorreria na última segunda-feira (16/10). Contudo, acionados pela família, que suspeitou das conversas e atitudes de seus parentes vitimados, os policiais do Deoesp deram início às investigações no dia 13/10, culminando com a libertação das vítimas e prisão dos integrantes desta quadrilha, mantendo assim o índice de 100% da apuração dos sequestros no Estado, em que foi acionado o Deoesp.

Foram presos Joyce Catharine Marçal Rosa, conhecida como Zé Pequena, 21 anos; Wallison Carlos de Oliveira, conhecido como Coroa, 40 anos; Fabiane Rodrigues Albano, 25 anos e João Pedro Pereira Amorim, 18 anos. Dois menores de idade, um de 17 e outra de 13 anos, foram apreendidos e conduzidos ao Deoesp, onde confessaram o crime com riquezas de detalhes.

Com os autores foram apreendidos uma metralhadora de fabricação caseira calibre .380 e um revólver calibre .38, além de dois veículos, um deles subtraído das vítimas e outro clonado.

Fonte: Inspetoria do Deoesp

X