Condenado a mais de 70 anos de prisão é preso durante operação da PCMG

16 de setembro de 2021

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) recapturou, na tarde desta terça-feira (14/9), em Ribeirão das Neves, Região Metropolitana, um homem de 29 anos, condenado a mais de 70 anos de prisão por homicídio, latrocínio, extorsão mediante sequestro e coação no curso do processo. Ele havia fugido do sistema prisional, no dia 20 de março deste ano, após pular o muro do presídio.

Desde a fuga, o homem teria cometido, pelo menos, dois homicídios consumados e outros dois tentados. Uma das vítimas foi morta diante do filho de 7 anos. O suspeito ainda é investigado como mandante em outros quatro assassinatos, além de ser apontado como líder de uma organização criminosa especializada no tráfico de drogas, atuante no bairro Porto Seguro, em Ribeirão das Neves.

Durante buscas na casa do foragido, policiais civis encontraram 37 tabletes prensados de maconha (mais de 18 quilos), outros 11 de cocaína (mais de 11 quilos), pés de maconha, R$ 8,9 mil, uma arma de fogo, um veículo, notebook, celulares, documentos, prensas hidráulicas e balanças digitais. Além disso, foram arrecadadas munições calibre 380 semelhantes aos elementos balísticos encontrados nas cenas de dois homicídios.

O homem, que tentou fugir durante a ação policial, foi preso em virtude de mandados de prisão relativos à organização criminosa, um dos homicídios e pela execução penal, além do flagrante por tráfico de drogas, organização criminosa e posse ilegal de arma de fogo e munições.

Parabenizamos o trabalho da polícia civil por deter este terrível assassino em série, foragido há quase 6 meses e investigado por casos brutais, sendo eles, homicídios consumados e atentado, executados de forma semelhante. A prisão deste, certamente, tranquiliza a sociedade e leva justiça para os familiares das vítimas.

Fonte: ASCOM-PCMG , com modificações

X