Autores reúnem poemas inspirados pela amizade.

Autores reúnem poemas inspirados pela amizade.

Logo que entrou para a Universidade Federal de Minas Gerais, em 1973, Osias Ribeiro Neves participou de um concurso literário promovido pela instituição, conquistando o primeiro lugar com o poema “Esfinge”. Naquele ano, conheceu Geraldo Felix Lima, cujo conto “Cão Laporte” foi premiado com uma menção honrosa no mesmo certame. Já amigo de Danilo dos Santos Pereira desde 1968, Osias conta que aos poucos os três se uniram em torno do gosto pela escrita e pela literatura.

Após cerca de 40 anos de amizade, eles apresentam o primeiro projeto coletivo que reflete essa trajetória no livro “Celebração, Memória Poética de Três Meninos”, que será lançado hoje no Memorial Minas Gerais Vale.

Produzido em 2011, a edição acolhe novos poemas de todos eles, os quais foram criados em meio a vários encontros nos bares da cidade. “Nós levávamos o que tínhamos escrito, lendo os textos em voz alta, e a deia é que um poema viesse na sequência do outro como uma continuação. Mas essa sequência deveria acontecer de forma aberta, bastante livre”, conta Osias Neves.

Ele diz que sugeriu aos outros escritores a intenção de escrever a partir da ideia de memória. “Interessante que apesar de sermos muito amigos, os poemas nos levaram a conhecer outros aspectos de nós mesmos. Recordamos a nossa infância nos bairros da cidade, como São Geraldo e Nova União. É como se fizéssemos uma viagem por esses lugares”, acrescenta Neves que identifica, além do tempo, a religiosidade e a relação com a família como temas recorrentes.


O quê. Lançamento do livro “Celebração, Memória Poética e Três Meninos” (ed. Escritório de Histórias, 190 págs., R$ 30), de Geraldo Felix de Lima, Danilo dos Santos Pereira e Osias Ribeiro Neves
Quando. Hoje, às 18h
Onde. Memorial Minas Gerais Vale (praça da Liberdade)
Quanto. Entrada franca

X