Filiado atualize seu cadastro e receba todas as atualizações do Sindpol/MG

28 de julho de 2021

Prezado filiado,

A atualização do seu cadastro é muito importante para o nosso relacionamento!

Pensando nisso, o Sindpol/MG está realizando a atualização cadastral com o objetivo de atualizar suas informações cadastrais de maneira simples e com mais comodidade para você.

Você poderá atualizar o seu cadastro através do LINK https://sindpolmg.org.br/atualizacao-filiacao/ ou enviando um e-mail para [email protected], com o assunto atualização de cadastro.

Mantenha seus dados sempre atualizados!

Se ainda não é filiado, FILIE-SE!

Lamentamos o falecimento da Escrivã de Polícia aposentada Ana Francisca do Amaral, que teve como última lotação a Delegacia Regional de Polícia Civil em Teófilo Otoni.

O Sindpol/MG oferece todas as nossas condolências e nosso apoio aos familiares e companheiros e desejamos força para superar esse momento tão delicado e tão difícil.

Nossos sentimentos.

Você sabia?

O Sindpol/MG tem parceria com a Ótica Ottonlux que oferece aos filiados e dependentes 20% de desconto à vista e ainda cobre qualquer orçamento por escrito.

Telefone: (31) 3224-8904
Endereço: R. Tupis, 25, sl. 216, Centro, Belo Horizonte – MG

Se você ainda não é filiado, FILIE-SE!

O Sindpol/MG, requereu ao Supremo Tribunal Federal sua participação na condição de Amicus Curiae nos autos do Recurso Extraordinário (Tema 1019) em que discute matéria essencial a PCMG (integralidade para policiais que ingressaram na polícia de 12/02/2015 a 15/09/2020).

Veja o Recurso Extraordinário;

Veja o Parecer da AGE.

O Sindpol/MG reuniu, nesta manhã (20), com representantes do Siapol, para tratarem acerca da retirada dos servidores administrativos da PCMG.

Durante a reunião o sindicato disse apoiar os servidores administrativos, para que os mesmos permaneçam na Polícia Civil. Além disso, o Sindpol/MG vai participar da manifestação marcada para amanhã, dia 21/7, na Cidade Administrativa. Essa mobilização foi convocada pelo Siapol.

Segundo o presidente do Sindpol/MG, José Maria de Paula “Cachimbinho”, o sindicato unirá forças com os representantes do Siapol, pois é um absurdo a retirada dos administrativos da Polícia Civil. “Os servidores administrativos podem contar com o nosso apoio”, afirmou.

De acordo com o assessor do Sindpol/MG, Wemerson Oliveira, é um “tiro no pé” retirar os servidores administrativos da base da Polícia Civil, pois eles não estão lotados somente no Detran, mas nas delegacias também. Então quando você os retira da base e os levam para a Seplag, quem vai fazer o serviço meio dentro das delegacias? Então vão ter que deslocar um policial, que está na investigação, para fazer esse serviço meio. Acaba sendo mais oneroso para o Estado que vai ter que contratar mais policiais, através de concurso público, para fazer serviços administrativo e policial. “O governador tem que pensar bem nesses pontos e, nós, com certeza, vamos brigar para que os administrativos permaneçam na PCMG”, disse.

Participaram da reunião, pelo Sindpol/MG, o presidente José Maria de Paula “Cachimbinho”; o diretor de assuntos do interior, Mário Santos; os assessores Aline Risi e Wemerson Oliveira, pelo Siapol participaram Gleisson Mauro e Paulo Vitor.

 

O Sindpol/MG tem parceria com o Samba Hotéis, filiados e seus dependentes têm desconto especial de 20% sobre qualquer tarifa divulgada no site do Hotel em qualquer data.

Entre em contato pelo 0800 207 2622 / (31) 3888-6161

Avenida Raja Gabaglia, 959, 4º andar, Cidade Jardim
Belo Horizonte, MG
www.sambahoteis.com

Se você ainda não é filiado, FILIE-SE!

O presidente do Sindicato dos Servidores da Polícia Civil do Estado de Minas Gerais – SINDPOL/MG, José Maria de Paula em pleno uso de suas atribuições estatutárias conforme preceitua o Art. 17, § 1º, Inciso I e II,  § 3º do Estatuto vigente, convoca os Servidores da Polícia Civil do Estado de Minas Gerais a comparecerem à Assembleia Geral Extraordinária (AGE), que acontecerá no Galpão em frente à sede do SINDPOL/MG, situado na Rua Diamantina nº209,  Lagoinha – Belo Horizonte – MG, no dia 14 de julho de 2021 às 13 h em primeira convocação, ou às 13h30 em segunda convocação, para discutirmos e deliberarmos a seguinte pauta:

  • Discussão e deliberação sobre o projeto de modernização da Polícia Civil do Estado de Mina Gerais que está sendo elaborado pelo CEMA – Comitê Estadual de Modernização Administrativa.

Para o presidente do Sindpol/MG, José Maria de Paula “Cachimbinho”, é muito importante levar o plano ao conhecimento dos policiais civis. “Unir os cargos não é tão simples assim, é necessário mostrar aos filiados as necessidades que temos”, disse.

“É importante a participação de todos os policiais civis de sobremaneira da base, que é a que será impactada com a possível mudança estrutural que está sendo desenvolvida pelo Governo do Estado, afirmou Wemerson Oliveira, assessor do Sindpol/MG”.

A convocação para a AGE foi publicada no jornal O Tempo, página 17, desta quarta-feira (30). Confira a publicação!

 

 

Indignados com a última fala do governador Zema a uma rádio mineira, dando a entender que a Polícia Civil é corrupta, as entidades de classe representativas da PCMG, protestaram hoje (7), na Academia de Polícia (Acadepol), na formatura de delegados e escrivães, contra essa fala do Chefe do Executivo Estadual e, pela pauta da categoria, reivindicando pela recomposição das perdas inflacionárias, pelas progressões, promoções, férias-prêmio dos aposentados e concursos públicos.

Como ainda não foram recebidas pelo Governador Romeu Zema, as entidades de classe da PCMG, protestaram na Acadepol, aproveitando a presença do Chefe do Executivo mineiro. “A nossa intenção é mostrar ao governador a nossa indignação, não foi certo o que ele fez, dando a entender que somos corruptos. Também reivindicamos pela recomposição das perdas inflacionárias, pelas progressões, promoções, ferias-prêmio dos aposentados e concursos públicos”, afirmou José Maria de Paula “Cachimbinho”, presidente do Sindpol/MG.

De acordo com o assessor do Sindpol/MG, Wemerson Oliveira, é necessário que o governador se retrate com os policiais civis. Precisamos de respeito e de mais investimentos, ele critica a Instituição que é administrada pelo Estado, ou seja, por ele, governador, ponderou.

O Sindpol/MG parabeniza pela formatura dos novos policiais civis, delegados e escrivães, e deseja sucesso nessa nova jornada na Instituição.

Anúncio de novos concursos

Durante o discurso, na Acadepol, o governador Romeu Zema, anunciou que autorizou concurso para a Polícia Civil, com 688 vagas para todas as carreiras.

 

Indignados com o descaso do governador de Minas, Romeu Zema e, após serem chamados de corruptos – dessa vez em uma rádio de grande audiência – o Sindpol/MG e demais entidades de classe representativas da Polícia Civil, se reuniram nesta manhã (5), para discutirem as providências a serem tomadas em relação a essa fala do governador contra os policiais civis.

As entidades de classe discutiram sobre a repercussão negativa da fala do governador durante uma entrevista a uma rádio de grande audiência do Estado, a respeito de sua obsessão pela retirada do Detran da estrutura da Polícia Civil, quando disse que o Detran é burocrático, lerdo e muitas vezes corrupto, que é o maior problema de todos.

Os representantes sindicais definiram por diversas ações estratégicas, dentre elas um ofício conjunto destinado ao governador, solicitando uma reunião com ele. Desde quando assumiu o Governo de Minas, Zema nunca se reuniu com as entidades de classe que representam a Polícia Civil. O outro ponto estratégico será uma interpelação judicial pela fala do governador, que insinuou que os policiais civis são corruptos.

Segundo o presidente do Sindpol/MG, José Maria de Paula “Cachimbinho”, diversas ações serão tomadas em resposta ao descaso do governador Zema à Polícia Civil. “Ele, enquanto governador, deveria valorizar e fortalecer a Instituição, mas Romeu Zema tem feito o contrário. Tenta desprestigiar a Polícia Civil e, pela segunda vez, insinua que a mesma é corrupta, tecendo elogios apenas à Polícia Militar”, afirmou.

Após receber reclamações de policiais civis referente à falta de acesso no sistema REDS/PCNET, acerca do TCO elaborado pela Polícia Militar, bem como os RAT e BOS, que ficam restritos à essa instituição e àquela que eles destinam, o Sindpol/MG oficiou na tarde desta sexta-feira (2), o Chefe da PCMG, Dr. Joaquim Francisco Neto, solicitando providências sobre o assunto.

O presidente do Sindpol/MG José Maria de Paula “Cachimbinho”, explica que a população procura sempre uma unidade da Polícia Civil para obter informações a respeito dos TCOs, por todos saberem que é a instituição que legalmente tem competência para a investigação, e os policiais civis ficam impossibilitados de prestar as informações solicitadas.

O Sindpol/MG aguardará uma resposta da Chefia de Polícia trazendo a solução sobre esse assunto.

Veja o ofício.

Quer aprender inglês?

O Sindpol/MG tem parceria com a escola de idiomas Gr8! English Support. Inglês para todas as idades e níveis. Presencial e 100% online.
Sede aplicadora dos exames de Cambridge.
Descontos de até 20% nos cursos ofertados para filiados e seus dependentes.

Se você ainda não é filiado, FILIE-SE ao Sindpol/MG

Rua Juvenal Carneiro, 57 – Fábrica. Leopoldina-MG
Contato: (32) 3449-6925
WhatsApp: (32) 98843-5753

O Governo de Minas anunciou, nesta quarta-feira (30), a escala de pagamento de julho, referente ao mês de junho de 2021.

Aos servidores da segurança pública e da saúde, o pagamento integral será depositado no dia 7/7.

O Presidente do Sindpol/MG, José Maria de Paula Cachimbinho, e os assessores da entidade Aline Risi e Wemerson Oliveira, realizaram nesta quarta-feira (30), mais uma visita técnica, e agora na Delegacia Adida ao Juizado Especial Criminal de Belo Horizonte. O objetivo é a avaliar as condições laborais dos policiais civis, bem como a estrutura da unidade.

Durante a visita, o Sindpol/MG identificou que a estrutura física está aquém do ideal como acontece na maioria das delegacias de Minas Gerais. Mesmo assim, constatou que, de acordo com números, a unidade é a que mais produz no estado.

Um dos questionamentos dos policiais civis é a falta de acesso aos procedimentos de TCO, realizado pela PM, muitas das vezes as vítimas procuram à delegacia e a Polícia Civil não tem acesso.

“Continuaremos com as visitas técnicas, em todas as delegacias possíveis. E aquelas que tiverem algum tipo de problema, que sabemos ser a maioria, tomaremos as providências que o caso requerer”, disse Wemerson Oliveira, assessor do Sindpol/MG.

O Sindpol/MG continuará atuando e visitando as delegacias do estado, reivindicando melhores condições de trabalho aos policiais civis e servidores da instituição, além de cobrar aumento de efetivo, que hoje apresenta uma deficiência de mais de 50% na Polícia Civil, causando tamanha precariedade e sucateamento da instituição.

Circulam no WhatssApp, mensagens alegando que o Sindpol/MG e as demais entidades, que representam a Polícia Civil, assinaram um suposto acordo com o Chefe da Polícia com o posicionamento a favor da unificação dos cargos da base. Mais uma informação fake, que serve de pano de fundo para opositores, principalmente, aqueles que almejam exclusivamente a direção das entidades!

É uma completa falácia já que esta entidade sindical que representa a classe dos investigadores de polícia, em hipótese alguma, faria qualquer acordo sem antes consultar sua base. É uma completa falácia porque nenhum sindicato da Polícia Civil teve acesso ao texto do CEMA, onde prevê a unificação. É uma completa falácia porque já existe uma Assembleia Geral do Sindpol/MG sobre o assunto da unificação, em que foi deliberado pela reprovação da unificação dos cargos, e esta entidade, enquanto estiver nesta gestão, jamais desrespeitará uma decisão da classe.

Portanto, aqueles que tiveram intuito de atingir o Sindpol/MG, na pessoa de seu presidente, José Maria de Paula Cachimbinho, e as outras entidades de classe, que apresentem o suposto acordo com a assinatura dos presidentes e façam a divulgação!

Infelizmente, é devido a essas atitudes e maldades que as reivindicações da Polícia Civil nunca são levadas a sério pelos governantes, pois há um nítido “racha” dentro da própria categoria, em virtude de pleitos individuais, o que a enfraquece demasiadamente.

Colegas Policiais Civis, precisamos nos unir e não atacar uns aos outros. Precisamos nos fortalecer, pois, uma casa dividida não prospera. Todos nós precisamos entender que o nosso inimigo está lá fora, nos corroendo e aos nossos direitos!

Quem tiver dúvidas sobre o trabalho do Sindpol/MG, pode acessar o site, as redes sociais, e a própria presidência e diretoria, que estão à disposição.

 

José Maria de Paula “Cachimbinho”

Presidente do Sindpol/MG

O Sindpol/MG fechou uma nova parceria com a Potencial Bank, para você filiado e seus dependentes. Prestação de serviço diferenciada com taxas exclusivas de empréstimo consignado, seguro residencial entre outros. Confira!
Endereço: Rua Ceará, 1431. Sala 303. Funcionários. Belo Horizonte – MG.
Contato: (31) 9 7105-5607 ou (31) 98853-1310

X