Sindpol/MG e demais Entidades de Classe convocam para Manifestação em Uberlândia

17 de maio de 2024

O Sindpol/MG e demais entidades de classe da Polícia Civil e Polícia Penal, encaminharam um ofício conjunto para o Chefe da Secretaria de Trânsito e Transportes (SETTRAN), da Prefeitura Municipal de Uberlândia (PMU), solicitando apoio na manifestação, que ocorrerá no dia 21 de maio, às 16h.

A Ação é referente ao Movimento pela Recomposição Salarial das Forças de Segurança Pública em prol da garantia dos direitos dos servidores. Não podemos mais aceitar a proposta oferecida pelo Governador Zema! Diante da inflação que corrói nosso poder de compra, sua proposta de meros 3,62% de recomposição de perdas inflacionárias é um insulto! Vamos aderir a Estrita Legalidade, não vamos nos calar diante dessa injustiça! Faça parte dessa causa e participe da manifestação.

MOBILIZAÇÃO EM UBERLÂNDIA, convocamos a todos os policiais civis da região para participarem!

🗓️ 21 de maio, terça-feira

⏰ 16h

📍 Concentração: Praça Tubal Vilela

 

Vamos juntos, vamos unidos. Assim somos mais fortes!

Não perca a matéria sobre o Sindpol/MG no jornal O Tempo, no dia 14 de maio.

Veja como estamos em destaque na mídia e saiba mais sobre nossas iniciativas!

📰 Veja a matéria na íntegra:
https://www.otempo.com.br/politica/2024/5/14/reajuste-salarial-proposto-por-zema-a-servidores-descumpre-prome

Filia-se ao Sindpol/MG, pois juntos somos mais fortes!

Conheça nossos convênios e descontos exclusivos para os filiados.

Acesse: https://sindpolmg.org.br/convenios-lista/
Ou ligue:
☎️ (31)2138.9898

Na tarde desta quinta-feira (25/04), o Sindpol/MG, representado por seu Diretor de Mobilização, Breno Almeida e pelo Diretor de Assuntos do Interior, Vander Tavares, marcaram presença em Audiência Pública sobre a Federalização/privatização da Companhia de Desenvolvimento de Minas Gerais (CODEMIG), que aconteceu na Câmara Municipal de Araxá, através do convite feito pela Vereadora Professora Leni Nobre, que tem acompanhado de perto a luta de todas as entidades de classe contra os atos indignos do atual Governo do Estado de Minas Gerais.

A iniciativa em questão foi realizada devido a gravidade da situação do endividamento de Minas Gerais que, no momento está preocupante, principalmente em causa das ações negligentes do nosso Governante, que continua errando e deixando de cumprir com suas promessas.

O debate, teve como finalidade, informar através da presença de várias entidades de classe do estado de Minas Gerais e ouvir a população e os servidores nos municípios mais afetamos, que é o caso de Araxá e microrregião, que atualmente, é o local onde está instalada a maior extração de nióbio do mundo.

A Codemig é uma empresa pública que tem como objetivo, valorizar o potencial mineral e as riquezas do Estado de Minas Gerais. Ao vender a Codemig, o Governador Romeu Zema, abre mão de projetos estratégicos de inovação e da diversificação da economia do estado, uma vez que o nióbio produzido pela mina da Codemig equivale a 75% da produção mundial, chegando anualmente a 70 mil toneladas da liga de ferronióbio.

Diante disso, a expectativa é de que a gestão privada priorize o lucro em detrimento do interesse público. E dessa forma, os servidores públicos, assim como a população mineira, mais uma vez, serão negligenciados pelo Governo.

Portanto, nota-se a importância de uma reivindicação em prol do fortalecimento do interesse público.

O Sindpo/MG assume essa causa e enfatiza a importância de uma mobilização: Vamos todos lutar em defesa das empresas estatais mineiras e principalmente dos assuntos relacionados à Polícia Civil de Minas Gerais e sua categoria.

No dia 19 de abril, na última sexta-feira, a demissão em PAD de um dos filiados do Sindpol/MG foi suspensa por decisão liminar. O filiado que, após responder processo administrativo disciplinar, foi demitido de seu cargo de Investigador de Polícia em Dezembro de 2023.  Em razão disso, foi feita uma análise de seu caso junto ao departamento jurídico do Sindpol/MG e, a partir disso, foi ajuizada uma ação anulatória, tendo como base as seguintes nulidades verificadas em seu Processo Administrativo Disciplinar (PAD):

  • Ocorrência de prescrição da pretensão punitiva do Estado;
  • Violação do contraditório e da ampla defesa (impedimento do exercício do duplo grau de jurisdição).

Percebe-se que a singularidade do presente caso, além da diferenciada liminar em favor de nosso filiado é a velocidade em que se obteve resultado favorável.

Diante disso, fica nítido a importância do papel do Sindpol/MG em proporcionar justiça e auxílio para toda a categoria da PCMG. Filie-se ao Sindpol/MG e unidos, moldaremos o ambiente de trabalho em prol do fortalecimento da Polícia Civil e da nossa categoria.

Na manhã desta quarta-feira (24/04), o Sindpol/MG e as demais entidades de classe marcam presença em manifestação que teve início às 7h na porta da casa do Governador Romeu Zema. O movimento, como sempre, foi pacífico e ordeiro e teve como principal objetivo, manifestar a luta em busca dos direitos da Polícia Civil e de sua categoria.

A iniciativa teve como base a nossa indignação perante as ações negligentes relacionadas ao investimento nos servidores públicos por parte do Governador Romeu Zema, que até então, está em dívida com a segurança de Minas Gerais e mesmo tendo recebido várias solicitações de uma solução conveniente para o problema, não nos dá retorno e não escuta a categoria, comentou Breno Almeida, Diretor de Mobilização do Sindpol/MG.

Vale ressaltar que, tal dívida citada refere-se à recomposição das nossas perdas inflacionárias, que estão acumuladas há sete anos e chegam a 41,6% de defasagem. Diante disso, fica nítido a importância desse tipo de ato, uma vez que a segurança pública está nas mãos de um Governador que vem falando mentiras e compartilhando propagandas enganosas, não somente para os servidores, mas também, para a população mineira.

Por isso, faça parte dessa causa! Você, policial civil, filie-se ao Sindpol/MG. Vamos juntos nessa jornada para que os nossos direitos sejam garantidos pelo Governo, a reação tem que ser agora.

 

O Sindpol/MG, marca presença em mais uma reunião de comissão, através do Presidente Wemerson Oliveira, juntamente com o Diretor de Assuntos do Interior, Vander Tavares, o Diretor de Mobilização, Breno Almeida, a Diretora de Assuntos da Mulher, Vânia Corrêa, o Diretor de Comunicação, Leonardo Dantas e as demais entidades de classe na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, onde ocorreu uma reunião extraordinária sobre o Projeto de Lei 2.238/2024, que dispõe sobre a prestação de assistência à saúde pelo Ipsemg.

O projeto promove uma mudança na estrutura do financiamento e assegura um aumento da contribuição para a assistência dos servidores públicos. No regulamento consta mudanças no piso e no teto pago pelos usuários e a previsão é de um acréscimo de 81,8% na tarifa. O governo pretende também subtrair em 14,5% a contribuição patronal (parte do governo).

O Sindpol/MG está em constante busca pelos interesses de todos os policiais civis, em especial, de seus filiados. Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro de todas as ações que o Sindicato dos Servidores da Polícia Civil no Estado de Minas Gerais vem desenvolvendo.

O Sindpol/MG, representado pelo Diretor de Assuntos do Interior, Vander Tavares e pela Diretora de Assuntos da Mulher, Vânia Corrêa, estiveram presente na tarde desta segunda-feira (22/04), no Sindicato dos Servidores do Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais (SISIPEMG),  juntamente com a Força de Defesa do Serviço Público para discursão sobre o Projeto de lei nº 2.238/2024, que dispõe sobre a prestação de assistência à saúde pelo Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais (IPSEMG). O projeto entrará amanhã na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). O Diretor de Assuntos do Interior relata que é muito importante a presença de todos os policiais civis, para que sejam cumpridos os interesses da categoria.

A votação acontecerá amanhã, dia 23 de abril, às 9h30, no Plenarinho IV – Palácio da Inconfidência (ALMG).

O Sindpol/MG conta com a presença de todos.

O Sindpol/MG, representado pelo Presidente Wemerson Oliveira, juntamente com o Diretor de Assuntos do Interior, Vander Tavares, o Diretor de Mobilização, Breno Almeida e os membros do conselho, reuniram-se na manhã desta segunda-feira (22/04), com a Chefe da Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), Dra. Letícia Gamboge, na Cidade Administrativa para tratarem de assuntos em prol da Polícia Civil de Minas Gerais e da categoria.

“Como sempre, nós do Sindpol, fomos bem recebidos e a reunião foi muito produtiva”, relatou o Presidente do Sindpol. A Dra. Letícia Gamboge enfatizou que se empenhará nos interesses em prol dos policiais civis e demais servidores.

O Sindpol/MG está em constante busca pelos interesses de todos os policiais civis e em especial de seus filiados. Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro de todas as ações que o Sindicato dos Servidores da Polícia Civil no Estado de Minas Gerais vem desenvolvendo.