Destaque policial – Operação da Polícia Civil em Divinópolis prende trio suspeito de roubo

A Polícia Civil realizou, na última quinta-feira (16) uma operação em Divinópolis que culminou na prisão de Agson Lima Gonçalves, Juan Carlos Terozendi Fideles Andrade e André Rocha da Silva. Eles eram suspeitos de praticar roubos de veículos em Divinópolis e região, e estariam envolvidos também em um furto à residência de um capitão da Polícia Militar (PM), além do furto de um revólver 38 do quartel da PM e do roubo de um veículo Fiat/Punto.

Policiais civis já estavam investigando Agson e seus comparsas há cerca de três meses.

Durante a abordagem a um veículo Fiat/Punto, os suspeitos Agson (motorista) e Juan fugiram em alta velocidade, momento em que houve troca tiros entre os suspeitos e os policiais. Na altura do bairro Serra Verde, eles abandonaram o veículo, furtado de Pará de Minas, e fugiram a pé.

Diante do estado de flagrância, após campana da equipe de policiais civis, foram feitas buscas no apartamento do suspeito Agson. No imóvel, Agson e Juan foram localizados. Também foi encontrado o revólver calibre 38 com seis munições intactas, furtado do quartel da Polícia Militar de Água Boa em dezembro de 2011. No local, ainda foram apreendidas munições: 21 de calibre 380, 16 munições de 38 e seis de 9mm, além de uma porção de maconha, um vídeo game X-box 360 e duas placas de veículo automotor (ONT-0155).

Pelas investigações, a Polícia Civil, que já tinha a informação de que André e os suspeitos eram ligados pela prática dos crimes de roubo, fez campana na residência de André, situada próxima ao local onde o veículo foi abandonado. A equipe de policiais realizou as buscas no local, onde encontradas três pistolas: uma glock g17 calibre 9mm, uma ruger calibre .40 e uma milenium pró-calibre 380, além de munições, sendo 16 de 9mm, 96 de 380 e 36 de calibre 40.

Os três homens foram presos e vão responder pelos crimes de resistência, receptação, posse ilegal de arma de fogo de uso restrito, associação criminosa e posse de drogas para consumo pessoal.

Fonte: Polícia Civil

X