Informações sobre a paralisação e estado de alerta.

assembleia+geral_1.jpg
Conforme aprovado em Assembléia Geral da categoria do dia 08/04/2011. O funcionamento nas unidades policiais (Delegacias, Departamentos e Institutos) ocorrerá em escala mínima, ou seja, disponibilização de 30% de atendimento à população.

Nos dias 12/04 e 13/04, intimações, oitivas e demais procedimentos administrativos serão transferidos para o próximo dia 14/04/2011. O atendimento de flagrantes necropsias, remoção de cadáver serão atendidos normalmente por serem serviços de primeira necessidade. A expedição de CRLV no DETRAN, e carteira de identidade deverão ser realizados na proporção de 1/3 das senhas atendidas no dia anterior (segunda-feira dia 11/04/2011); o atendimento de REDS e representação também serão transferidos para a próxima quinta-feira dia 14/04.

As unidades, devem estar de portas abertas e com pelo menos um funcionário na recepção para orientar à população que se dirigir as mesmas. Esse funcionário devera informar os motivos dessa paralisação de advertência, distribuindo o panfleto da campanha salarial. Na sexta-feira (15/04/2011) os policiais e servidores administrativos da Polícia Civil, conforme aprovação em Assembléia Geral da categoria, devem comparecer nas unidades dos hemocentros e contribuírem com a campanha humanitária de doação de sangue. Aqueles que aderirem a essa campanha não precisaram comparecer a unidade uma vez que deveram informar a chefia imediata o atestado médico do respectivo ato humanitário.

Ressaltamos aos policiais e servidores administrativos da Polícia Civil que o sucesso das nossas reivindicações, com o atendimento do governo a nossa pauta, será diretamente proporcional ao nível de compreensão e adesão de todas as premissas aprovadas em Assembléia. O Sindicato estará atento e à disposição para intervir em qualquer ato abusivo, arbitrário ou excessivo praticado por qualquer autoridade contra o movimento. 

Leia mais.

X